Também pode ser chamado de vidro float que é nome da técnica mais utilizada de produção do vidro plano. É gerado a partir da mistura de sílica, potássio, alumina, sódio, magnésio e cálcio, que depois de fundido, flutua sobre estanho liquefeito.

Ao final deste processo temos o vidro comum incolor ou colorido, que pode servir de matéria prima para produção dos demais tipos de vidros.

O vidro comum não passa pelo processo de têmpera, por esta razão, ao quebrar a peça se fragmenta em pedaços pontiagudos e altamente cortantes.

Indicado para móveis, decoração e em alguns casos na construção civil.

img-vidro-comum